Passaporte Sanitário da Covid-19 pode garantir a retomada do turismo

15 de Abril de 2021

Projeto idealizado pelo deputado federal Geninho Zuliani também aumenta segurança das pessoas envolvidas nos embarques e hospedagens

Criar uma versão digital da caderneta de vacinação específica para o Covid-19, de modo a permitir que, passado o pico de contaminação da doença, as pessoas voltem a viajar em âmbito nacional ou internacional, de forma segura, responsável, com proteção a todos os envolvidos são os principais objetivos de um projeto de lei, de autoria do deputado Geninho Zuliani (SP). Se aprovado, vai criar o Passaporte Sanitário de Covid-19, que será elaborado pelo Ministério da Saúde, através do Conecte SUS Cidadão.

“O Passaporte Sanitário de Covid-19 pretende incentivar o turismo daqueles já estão devidamente vacinados ou daqueles que apresentem teste de Covid-19 negativo, bem como fomentar a recuperação do setor de viagens e turismo e de muitas economias locais dos municípios turísticos, desde que tenha passado o pico de contaminação pelo coronavírus e as cidades destino não estejam com restrição local de circulação, como lockdown ou toque de recolher aos cidadãos”, afirmou Geninho.

Apresentado na Câmara, no último dia 31/03, a proposta já conseguiu um apoio de coautoria de outros 12 deputados, formando uma coalisão de nove partidos distintos.  Além disso, já possui requerimento de urgência para que seja apreciado pelo Plenário.