Deputados discutem projeto que libera propaganda de armas de fogo

30 de Novembro de 2021

Relator do projeto, deputado Eli Corrêa Filho (SP) é contra

Liberação de propaganda de armas de fogo no país está em debate na Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados. A prática é vedada desde 2000. A audiência pública desta terça-feira (30) é uma solicitação do deputado federal Eli Corrêa Filho (SP), que é o relator do projeto.

Eli explica que as audiências públicas, com a participação da sociedade civil, na instrução do processo legislativo brasileiro, intensificam o contraditório e ajudam a personificar as disputas de direitos e políticas públicas, subsidiando o legislador na tomada de decisões.

“Acredito que essa publicidade que o próprio autor quer autorizar é muito danosa. A propaganda em si estimula, convence você a comprar algo, mas quando se fala em armas de fogo, você está prejudicando toda uma sociedade”, disse.

O projeto é de autoria do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e libera a publicidade sobre armas de fogo.

Além dos varejistas e atacadistas, seria permitida também a veiculação de propagandas por clubes e escolas de tiro, colecionadores e caçadores. “Antigamente tinha propaganda de cigarro, hoje não tem mais porque é algo que faz mal para a sociedade”, lembrou o relator.