DEM vai votar pela derruba do veto à distribuição de absorventes, afirma líder

08 de Fevereiro de 2022

“É questão de dignidade e de saúde pública”, ressalta

O líder Efraim Filho, do Democratas da Paraíba, manifesta posição favorável à derruba de veto que impede o fornecimento de absorventes para estudantes de baixa renda, pessoas em situação de rua e mulheres detidas no sistema prisional. “A bancada do Democratas vai votar pela derrubada do veto. Fornecer absorventes para quem não pode comprar é uma questão de dignidade e de saúde pública”, afirma.
Ele lembra que a distribuição já tinha sido autorizada pela Câmara, que entendeu a importância deste tipo de ação. A proposta, no entanto, foi vetada pelo governo. Na sessão do Congresso, o veto 59 será analisado. O dispositivo integrava o Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual, sancionado e transformado na Lei 14.214/21.
Um estudo divulgado nos últimos dias só reforçou a percepção do líder Efraim Filho para a necessidade da distribuição de absorventes. Ao menos 20% de jovens de 14 a 24 anos que menstruam já deixaram de ir à escola por não terem absorvente.
Entre pessoas pretas com renda de até dois salários mínimos, o número sobe para 24%. Os dados fazem parte de uma pesquisa feita pelo Espro (Ensino Social Profissionalizante), organização que oferece capacitação para jovens em busca do primeiro emprego, e a Inciclo, marca de coletores menstruais. O estudo faz parte do Projeto Novo Ciclo de ambas as instituições.