Câmara aprova 180 propostas em 2020

12 de Janeiro de 2021

Número é do maior da década, lembra líder Efraim Filho

Mesmo diante das adversidades da pandemia, a Câmara dos Deputados aprovou 180 propostas no ano passado, cita o líder Efraim filho (DEM-PB). A maioria das votações ocorreu num modelo adaptado, permitindo, assim a aprovação de projetos que ajudaram no enfrentamento do novo coronavírus.
Levantamento da Agência Câmara mostra que foram votados temas como o auxílio emergencial (PL 9236/17), o programa de suspensão de trabalho (MP 936/20), ajuda a micro e pequenos empresários (PL 1282/20), orçamento especial para o estado de calamidade pública (PEC 10/20), ajuda a estados e municípios (PLP 39/20) e várias outras propostas para responder ao desafio sanitário e econômico provocado pela Covid-19.
Ao todo, o Plenário analisou e aprovou 81 projetos de lei, 53 medidas provisórias, 9 projetos de lei complementar e 4 propostas de emenda à Constituição em 2020. Aprovaram-se ainda 22 projetos de decreto legislativo e 5 projetos de resolução. No total, o ano foi o mais produtivo da década. O Plenário aprovou mais medidas provisórias e projetos de lei do que em qualquer outro ano desde 2011.
Proposições que não tiveram relação direta com a pandemia também foram aprovadas. Entre esses temas destacam-se o novo Fundeb (PEC 15/15 e PL 4372/20); mudanças no Código de Trânsito (PL 3267/19), no setor de gás (PL 6407/13), na navegação (4199/20) e na segurança de barragens (PL 550/19); pagamento por serviços ambientais (PL 5028/19); novas regras para estados refinanciarem suas dívidas com a União (PLP 101/20); e reforço no combate ao racismo (PDL 861/17).