Obstruir as votações envolvendo a aprovação da Reforma da Previdência apenas agravará o problema

17 de Abril de 2019

Bilac Pinto – Deputado Federal (DEM/MG)

Após uma sessão conturbada, marcada pela incoerência e falta de respeito por parte de oposicionistas ao Governo Bolsonaro, o Presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados, Felipe Francischini, foi obrigado a suspender a votação que aprovaria a Constitucionalidade da Proposta de Reforma da Previdência.

Sem o mínimo de compromisso com o futuro econômico do Brasil, e a sustentabilidade da Previdência Social, o bloco de oposição tentou utilizar todos os argumentos possíveis para obstruir a votação agendada para hoje, porém quando se inteiraram que perderiam no voto, fizeram questão de voltar às suas raízes e tentar ganhar no grito, invadindo a mesa com palavras de ordem sem fundamentos e argumentos que demonstraram claramente o total despreparo de determinados parlamentares.

Obstruindo a sessão de hoje, a esquerda não saiu vitoriosa, muito pelo contrário, estão apenas agravando ainda mais um problema que já deveria ter sido contornado em parceria com o Poder Executivo, porém a influência de determinados partidos políticos em governos anteriores impediu que construíssemos uma agenda positiva ao longo dos últimos treze anos de governo petista.

Se posicionar favorável a aprovação da reforma é um sinal de bom senso e responsabilidade, pois o déficit previdenciário continuará comprometendo o nosso crescimento econômico, e impedindo investimentos públicos, caso não aprovarmos o texto proposto pele equipe econômica do Ministro Paulo Guedes, e analisado minuciosamente pela CCJC, baseado em objetivos legítimos e populares, como o corte de privilégios e o fim da desigualdade social.

Espero que possamos aprovar em breve a constitucionalidade da Reforma da Previdência, para que o texto seja encaminhado ao plenário para votação, assinalando para o mundo que o Congresso Nacional está pautando matérias que de fato contribuirão no processo de construção de um futuro mais próspero para nossas futuras gerações.